Shakespeare – Soneto 18

12 09 2009

Edu, são poucas as palavras que tenho para descrever o que sinto por você (se elas conseguirem descrever). Então vou compará-lo ao dia de verão de shakespeare: que é raro de acontecer, mas é o mais belo que se pode viver. Você é minha raridade, minha força, meu mundo, minha doce razão, meu dia de verão. Te amo

Mari

XVIII

Shall I compare thee to a summer’s day?
Thon art more lovely and more temperate.
Rough winds do shake the darling buds of May,
And summer’s lease hath all too short a date.
Sometime too hot the eye of heaven shines,

Para ler o restante clique no link abaixo e conheçam nosso novo blog

http://www.poemasepensamentos.com.br/2009/09/12/shakespeare-soneto-18/


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: