O Sonho

20 10 2009

Nilsa deitou-se para dormir como nas demais noites. Como de costume, demorou a pegar no sono. Raramente sonhava, e dormia noites tranqüilas. Mas essa noite foi diferente.

***

O padeiro bateu a porta, como fazia todas as manhãs, para levar pão fresco a sua cliente. Tocou a campainha e ninguém atendeu. Olhou para dentro e viu na cozinha um copo quebrado. Empurrou a porta que rangeu e entrou na casa. O padeiro achou que algo deveria estar errado, pois Nilsa nunca deixava a porta destrancada, ele sabia que a garota sempre tomava muito cuidado e preservava ao extremo sua segurança. O silêncio reinava, a casa toda bagunçada: móveis e vidros quebrados, paredes ensangüentadas, objetos pelo chão. O padeiro não acreditava no que via. Por fora a casa estava intacta, mas por dentro era uma catástrofe total. O que se passou durante aquela noite para a casa estar daquela forma?

Para ler o restante clique no link abaixo e conheçam nosso novo blog

http://www.poemasepensamentos.com.br/2009/10/20/o-sonho/


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: